alimentação, viver feliz

de boca fechada, ou entre-aberta

O meu corpo tem andado a reclamar comigo há algum tempo, e eu assobiava para o lado. Não estava a ouvir, nem tão pouco queria saber o que ele queria. Inchei muito, dores de barriga, de cabeça, calças deixaram de servir, fome do outro mundo, e outras coisas muito pouco bonitas como prisão de ventre. Cansada, corpo pouco saudável e a mente também já acusava alguma falta de paciência.
Então decidi mudar a alimentação e (re)começar o exercício físico. Desta vez à séria, e sem pressão. E não é que me sinto melhor? Beeem melhor. Para começar a minha barriga vazou (em todos os sentidos), sinto-me enérgica e saudável.
No ginásio sinto-me muito bem. Com bastante energia, leve, com ritmo e feliz.

Ainda estou a aprender a fazer cozinhados saudáveis e saborosos. Para mim comida boa tem de ter uma boa quantidade de sal, e um doce é uma perdição. Cortei no sal e, OBVIAMENTE nos doces também. Quero atingir um objectivo, vou conseguir. Acima de tudo quero um corpo e mente saudáveis, por dentro e por fora.

De manhã faço uns sumos que, ao contrário do que eu pensava, até me estão a saber muito bem. O da fotografia é de espinafres e também faço de beterraba. Não sabem ao que está lá dentro e têm tantas vitaminas e tudo o que é maravilhoso para o nosso corpo.
E estou a tentar equilibrar assim a minha alimentação, livre de tudo o que faz mal, cheio de tudo o que faz bem. Estou a aprender ainda. Os sabores e cheiros são diferentes. Vou-me adaptar. Por mim, e pela minha saúde.

E quem está de mudanças também? É difícil para vocês ou estão a conseguir?

Tagged , , , , ,

2 thoughts on “de boca fechada, ou entre-aberta

  1. Marta força e coragem vais conseguir!!
    Eu tenho estado a tentar… em Novembro estava a conseguir controlar a compulsão e alimentar-me melhor e a sentir-me melhor, o Natal estragou tudo e agora ainda não consegui desligar-me dos doces principalmente. com o stress dá-me para comer tudo o que aparece à frente 🙁
    mas mantive o cortar nos lacticínios e pão, faço umas panquecas saudáveis para o pequeno almoço e tento comer chocolate preto. tento comer mais vegetais.
    hei-de voltar a conseguir por mim, pela saúde e para me sentir bem comigo mesma!
    bjos doces e bom fim-de-semana!

    1. Muito obrigada pela mensagem. Eu até ao Natal não tinha vontade de fazer nada, só me apetecia comer. Deu-me o click quando percebi que as minhas calças não me serviam, e em Janeiro decidi mudar. Admito que há dias que me custa um bocado, mas é pelo bem da minha saúde e eu sei que daqui a uns meses o organismo já se habituou a este novo estilo de vida e tudo fica muito melhor.
      Fico à espera de mais noticias suas. Quero que se motive!!! Vá, eu sei que custa muuuuito começar e depois manter, mas muita força 🙂

      Beijinho grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *