viver feliz

Mudar

Na minha opinião devemos sempre mudar para aquilo que nos faz sentir melhor, mais felizes (principalmente) e mais saudáveis. 
Começo por esta frase para defesa dos que pensam que mudança dos hábitos alimentares, exercício fisico diário e/ou dieta é para fundamentalistas.

É bom ter a capacidade de auto-avaliação, de superação, de motivação, de determinação. É bom ter objectivos na vida, correr atrás deles para os cumprir. É bom conseguir ouvir o nosso corpo, dar-lhe o que de bom ele precisa e merece.
Eu tenho dois defeitos (entre muitos outros): um forte poder de inércia e uma gula infinita. E é contra estes dois “atributos” que luto diariamente. É um esforço da minha parte, requer muita força de vontade, requer muita determinação e um objectivo bem definido. Às vezes também é necessário ceder um bocado, dar ao corpo, (muito importante) à mente e ao nosso estado de espirito aquilo que ele precisa para ser feliz, nem que seja uma fatia de pão fora de horas, um café com açúcar, um bocadinho de bolo ou duas das nossas bolachas preferidas.
Alimento-me bem, pratico exercício fisico todos os dias (quando posso) e sim, fechei a boca aos alimentos que nada me acrescentam. E sinto-me melhor. Mais leve, com mais energia e mais força.

Fiz uma avaliação corporal no inicio da minha mudança e só confirmou aquilo que eu já sabia: está na hora de mudar!!!
Não me peso porque o meu objectivo não passa por aí, porque também não me quero focar na balança e, volto a repetir que se ouvirmos o nosso corpo com a devida atenção conseguimos saber exactamente quanto é que ele pesa, sem olhar a números.

E aí quem também está determinada em mudar?

Tagged , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *